Oi. Pode me chamar de sofrendo por antecipação

quinta-feira, 16 de junho de 2011 20:02 Postado por Arielle Gonzalez
Eu odeio fazer aniversário. Nada me tira da cabeça que ao invés de um ano a mais, na verdade a gente fica com um ano a menos de vida. Pode parecer mórbido, mas acredito que isso signifique um ano mais próximo da morte. 

Eu sei, falta menos de um mês, mas ainda tá longe. O problema é que todo ano é a mesma coisa. Um ano mais velha e nenhum grande feito, nenhuma grande marca. Um ano a mais de existência e nenhuma pegada no planeta. Ou seja, estar ou não estar aqui não fez a minima diferença, pelo menos não até agora. A pergunta que não quer calar: o que eu estou fazendo da minha vida?

Imaginar o futuro sempre me causa medo e saudade do passado. O ano que vem promete tantas incertezas. Quase vinte e um anos de vida e nenhuma, por menor que seja, certeza. Não sei se sou quem gostaria de ser, não sei se estou onde gostaria de estar, não sei nem o que eu quero de verdade. Envelhecer não me trouxe sabedoria, apenas um monte de dúvidas e poucas respostas.

Comemorar mais um ano, me obriga a pensar em todos os outros que passaram. Festas, fotos e pessoas. Pessoas. Pessoas. Pessoas. Saudade. Vazio. Vó. Pai. Nó, no peito e na garganta. Eu fico aqui procurando vantagem, tentando ignorar a saudade e virar a página.

Aniversário é um dia qualquer perdido no meio do calendário. A unica coisa que muda é que com o tempo a quantidade de presentes e ligações diminuem, assim como os motivos para celebrar. 

1 Response to "Oi. Pode me chamar de sofrendo por antecipação"

  1. Luiz Says:

    lindo

Postar um comentário