Um ano passou por mim.

domingo, 28 de fevereiro de 2010 18:28 Postado por Arielle Gonzalez
Oi Vó.
Dá pra acreditar que já faz um ano?
365 dias sem você.
Nunca fiquei tanto tempo longe de ti, e sei que agora só vai aumentar.


Eu ainda te levo por onde ando. Nos meus olhos, nas nossas canções (aquelas que eu amava e você nem tanto), e agora na pele. A estrela que você virou se juntou com um par de asas. Não há lugar no universo que você não vá comigo.


Falo o tempo todo sobre você. Como se o dia que você partiu na verdade tivesse te tornado eterna. A sua existência congelou no tempo. Uma mistura de passado e presente. Tudo aquilo que não se vai, mesmo não estando mais aqui.


Gosto de pensar que você estaria orgulhosa. Foi no dia que me disseram isso que eu chorei feito uma boba. Pareceu sal na ferida. Não gostei de como isso foi uma suposição quando na verdade deveria ser uma certeza.


Sinto sua falta.
Não vou negar que tem gente tentando te substituir. Mas você sabe que isso não vai acontecer. Eu era a sua pessoa preferida. Você me conhecia melhor do que qualquer pessoa no planeta. Qual é? Você é a Vódice. Primeira e única. Timeless to me.


Deve tá rolando festa ae em cima. Tá fazendo o pudim? Sábado voltou a ser dia de feijoada? Domingo vocês comem bolo de festa? Tá cuidando direitinho dele? Explicando aquilo que eu ainda não consegui processar?


Um ano é muito tempo. E às vezes parece até que durou mais. Passou se arrastando.


Relaxa, viu? Nem dói mais. Tá bom, isso é mentira, só queria te consolar. Continua doendo. Não é sempre, eu confesso, mas ainda dói.
Sabe quando a gente é criança e chuta a quina da cama, e alguém diz que vai te beliscar o braço para dor passar? Foi quase isso. Só que dessa vez a dor foi duplicada. Por você e ele.


Eu te amo.
Desde sempre.
E isso é uma das poucas coisas que nunca vai mudar.


Fica bem.
Onde quer que você esteja.
Um dia te vejo por ae.
Beijos,
Tatinha

0 Response to "Um ano passou por mim."

Postar um comentário